Como lavar travesseiro? 5 passos para deixá-lo limpo e higienizado!

4 minutos para ler

Uma boa noite de sono é garantida quando todos os itens da cama estão limpos, organizados e proporcionam conforto. Por esse motivo, é importante saber como higienizá-los corretamente, a fim de evitar problemas de saúde. No entanto, é comum encontrar muitas pessoas com dúvidas de como lavar travesseiro.

Como essa é uma peça que tem contato direto com o corpo, é comum que se acumulem células mortas, ácaros e poeira. Por isso, depois de, aproximadamente, dois anos de uso, cerca de 1/3 de seu peso é apenas micro-organismos. O pior é que isso pode trazer problemas respiratórios e dermatológicos.

Por isso, é importante trocá-los regularmente. No entanto, entre uma troca e outra, é necessário higienizá-lo. Neste artigo, você vai ver 5 dicas de como lavar travesseiro corretamente. Continue a leitura e confira!

1. Leia as instruções

Existem materiais que podem ser lavados com água e outros que só podem passar por processo de lavagem a seco. Por esse motivo, é fundamental sempre conferir as instruções na etiqueta e na sua embalagem.

Aqueles que são mais porosos e fibrosos, após serem lavados, são capazes de absorver a umidade como esponjas. Dessa forma, mesmo que pareçam estar secos, vão conter água em seu interior e essa secagem incompleta é muito prejudicial à saúde. Por isso, para ter certeza se o seu produto pode ser submetido a uma lavagem com água, leia as instruções.

Além do mais, materiais como plumas e penas de ganso não podem ser lavados com água. Por isso, o recomendado é que sejam enviados a uma lavanderia para que sejam lavados a seco.

2. Use produtos de limpeza

Saber os produtos corretos para usar também é importante. O sabão em pó acaba deixando alguns resíduos no tecido. Por isso, aposte no sabão líquido, que é capaz de penetrar melhor, sem deixar restos.

Além disso, evite lavá-lo com sabão específico para roupas delicadas. Isso porque o produto tem um nível menor de acidez, portanto, não será eficiente nesse caso. Também não é recomendado usar alvejantes ou amaciante, pois também podem deixar resíduos.

Sendo assim, somente sabão líquido é suficiente. Caso ache necessário, você pode substituir o amaciante por vinagre. Além de deixar o tecido macio, ele é útil para eliminar alguns micro-organismos.

3. Lave adequadamente

Para isso, o ideal é lavá-los no modo delicado da máquina de lavar. Isso preserva as fibras do material, diminuindo as chances de danificá-los. Além disso, coloque, no máximo, dois travesseiros na posição vertical dentro da lavadora para equilibrar o peso. Mas lembre-se que peças de látex, viscoelástico, molas e anatômicos não podem ser lavados assim.

Para lavar à mão, encha o tanque ou balde com água morna e adicione o sabão líquido. Deixe de molho por uma hora e vá amassando aos poucos para que o sabão penetre bem. Depois disso, enxágue em água corrente até que pare de sair espuma.

4. Providencie uma secagem correta

Para que se seque corretamente, coloque a peça no varal, virando-a para que saia todo o excesso de água. É importante se certificar de que a secagem ocorra em locais ventilados e na sombra. Afinal, quando um travesseiro é exposto ao sol, a umidade do interior aquece e facilita a proliferação de ácaros, fungos e bactérias.

5. Cultive hábitos para conservá-los

A melhor forma de preservar seus travesseiros é usando capas impermeáveis. Esse cuidado também pode ser tomado com o colchão, com o uso de protetores. Esses itens servem para prolongar a vida útil da peça, diminuir a incidência de ácaros e facilitar a lavagem.

Além disso, troque as fronhas semanalmente e deixe os travesseiros em um local arejado. Como visto anteriormente, evite colocá-los em contato com o sol. Um ambiente com boa circulação de ar é o suficiente.

Como você viu, aprender como lavar travesseiro é algo muito útil para preservar as suas peças e ainda evitar doenças respiratórias e problemas na pele, como acne e alergias. Por isso, nunca se esqueça de fazer a limpeza regular de seus itens de cama e trocá-los no tempo recomendado.

Gostou deste post? Então o que acha de compartilhar as dicas com seus amigos nas redes sociais? Com certeza, isso vai ajudar outras pessoas a entender os cuidados necessários com esses produtos.

Posts relacionados

Deixe um comentário